Até para o acto simples de pôr por escrito aquilo que já se faz na prática, convém saber fazê-lo.

(logo, quando num sistema de gestão da qualidade os procedimentos escritos têm páginas e páginas e mais páginas de texto, alguém não soube fazê-lo – e todos perdem…)

Pin It on Pinterest

Share This

Partilhar

Partilhar

Partilhe este conteúdo!

%d bloggers like this: