Pegando em Balanced Scorecard: Lindos exemplos do país das certificações da qualidade, nota breve sobre a velha batalha contra a aplicação da abordagem de processos de forma completamente errada (na ISO 9001, mas também no EQUASS).

Estas coisas não se fazem sem danos para o cliente, para a entidade que implementa esta abordagem. Para falar só dos danos imediatos e mais “terrenos”:

  1. Há desde logo a a impossibilidade de compreensão das vantagens da verdadeira abordagem de processos
  2. E, consequentemente, o avolumar de papel sem utilidade prática (só mais papel, mais coisas não compreendidas para gerir e comunicar internamente – e como se comunica a alguém aquilo que não se compreende?).

 

Tudo isto seria evitado se os auditores recusassem estas abordagens nos sistemas que pedem a certificação…

Pin It on Pinterest

Share This

Partilhar

Partilhar

Partilhe este conteúdo!

%d bloggers like this: