Nem tudo o que mexe é potencial cliente com interesse.

  • Depois de sabermos quem são os clientes que queremos abordar convém que os abordemos de facto.
  • Convém, além disso, que sejamos certeiros na abordagem, de forma a termos pelo menos a oportunidade de captar a atenção deles (facilitando o avanço para as três fases seguintes, a saber: o interesse, o desejo, e a acção – palavra de Marketeer :)).

Pin It on Pinterest

Share This

Partilhar

Partilhar

Partilhe este conteúdo!

%d bloggers like this: